close

Bem-vindo à Inrise Consultoria. Uma empresa doGrupo Inrise.

Advogado é contra PL que altera regras de recurso de revista no TST

O texto foi rejeitado pela Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público e ainda passará pela CCJ.

Na última semana, na Câmara dos Deputados, a Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público rejeitou o projeto de lei 689/21, que prevê recurso de revista para o TST somente quando a interpretação for diversa daquela proferida pela Seção de Dissídios Individuais do TST ou de súmula de uniformização da Corte.

A proposta pretende alterar a CLT. Atualmente, essa norma permite o recurso de revista também quando, em dissídios individuais, há divergência entre tribunais regionais ou em relação à súmula do STF.

Apesar dos deputados acolherem o parecer do relator, deputado Túlio Gadêlha, o projeto tramita em caráter conclusivo e ainda será analisado pela CCJ - Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Segundo o advogado Ronaldo Tolentino, sócio do escritório Ferraz dos Passos Advocacia e Consultoria, a decisão da Comissão de Trabalho foi acertada pois, caso o PL seja aprovado, irá dificultar a atividade primordial do TST, que é a uniformização da jurisprudência trabalhista nacional.

"As decisões conflitantes dos TRTs demorariam mais para chegar ao TST ou até mesmo não chegariam à Corte Superior. De igual forma, a outra função do Tribunal, que é a guarda do ordenamento jurídico pátrio, incluindo o controle de constitucionalidade estaria prejudicado."

FONTE: MIGALHAS.

Inrise Consultoria - Desenvolvido por DanBritto - Marketing Co.